jeudi, février 19, 2015

Vipe Mc entrevistado por Zeblak

[Zeblak] Desde quando faz rap Tuga e porquê ? 
[Vipe Mc] Faço rap desde 2004, porque sempre fui influenciado pela minha familia e amigos, no que diz respeito a ouvir música na sua generalidade, e de alguma forma despertou o meu interesse em tentar fazê-la também, à minha maneira.

O que é que te incentivou a fazer rap ?
Durante o meu secundário, tinha um colega de mesa nas aulas de Português (props Afonso) que me puxava para escrever umas rimas, foi ele que me apresentou o panorama do hip hop e comecei a interessar-me pela cultura. Ajudava o facto de a prof de português partilhar da mesma ideia do meu colega e acharem que eu tinha potencial para fazer algo. Foi um bom empurrão.

Quais são as mensagens nas tuas letras ?
Sou um escritor apologista de que se deve escrever, o que se sente no momento, por isso é relativo.

Donde vem a tua inspiração ?
Tiro a inspiração das coisas mais simples da vida. Pequenas acções e gestos, atitudes. Tiro inspiração do desconhecido pois faz-me sonhar e ser mais do que eu.

Qual é o teu objetivo no rap Português ?
Não tenho nenhum objetivo concreto. Acho que sou como qualquer outro artista, apenas quero ter pessoas que apreciem o meu trabalho. Se possivel, marcar a diferença sendo eu próprio.

Porquê o nome Vipe Mc ?
E porque não ? :)

Donde vem o teu amor pelo rap ?
Como disse anteriormente, da aptencia para escrever. Podia ter optado por outro estilo musical, mas a critica social seria mais dificil de implementar.

Foste influenciado com alguns rappers ou outros estilos musicais ? 
Sim, a minha cultura musical é muito vasta e oiço de tudo um pouco. Sò loucos se cingem a apenas um estilo musical.

Como vês a evolução e o futuro do rap Tuga ?
Quando antes eram 100 cães a um osso, agora tens 1000. Vejo o rap Tuga como o rap mundial, o movimento ocupa-se de evoluir e teras sempre o classico.

Novos projetos ? 
Black-Book volume 3 - O Diàrio do Barba-Negra.

Uma palavra para os soldados do hip hop ?
Sim, comprem o meu album :) e sejam voces mesmos. Não tenham medo do que os outros digam e partam porque hà sempre terra à vista. RAAUU
Fevereiro 2015


Aucun commentaire: